Desde 2008, o Buritis tem promessas de projetos viários para desafogar o trânsito do bairro bem como reduzir os seus gargalos. O Viurbs apresentado pela Prefeitura de Belo Horizonte em 2008 trouxe sete projetos que afetariam a região do Buritis. Entre eles estão a trincheira entre as Avenidas Raja Gabaglia com Barão Homem de Melo e Rua José Rodrigues Pereira; a Via 728 ligando a Av. Henrique Badaró Portugal até a Av. Teresa Cristina; e Av. Vale do Cercadinho.

No entanto, devido aos altos custos das obras e a falta de recursos para esses investimentos, o tempo das necessidades anda muito mais rápido que o tempo das execuções de projetos estruturais. É importante que medidas sejam tomadas para pelo menos amenizar os efeitos do crescimento da região, o qual é muito maior que o crescimento das melhorias necessárias. Nesse escopo, em 2004, a Associação do Bairro Buritis (ABB) iniciou estudos para criar uma solução que fosse mais barata de implementar e que pudesse trazer uma melhoria real para a vida cotidiana no bairro. Assim iniciou-se o projeto do Anel do Buritis.

O que é o Anel do Buritis? 

A proposta de trânsito do Anel do Buritis – nome inspirado em alusão ao modelo de melhorar o tráfego nas principais vias de acesso do bairro, como a avenida Professor Mário Werneck e adjacências. O projeto foi idealizado pelos membros da ABB Mauro Prodoscimi, Paulo Gomide e outros em 2014, quando foi apresentado à BHTrans. Em abril de 2015 houve uma reiteração do pedido, mas o projeto ficou estacionado e não teve retorno sobre sua análise. Em janeiro, deste ano, a partir de uma reunião agendada pelo Facebook no grupo “Meu Bairro Buritis”, o projeto foi novamente retomado após apresentação do Sr. Mauro Prosdocimi para os moradores Braulio Lara, Paulo Gomide, Matheus Lima e Paulo David. Em fevereiro desse ano, Braulio Lara, que é professor do Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH e membro voluntário da ABB, encaminhou o projeto juntamente com os trabalhos de conclusão de curso dos alunos do Curso de Engenharia Civil, que atuaram na avaliação e na viabilização do Anel do Buritis.

O projeto consiste em mudanças no sentido de algumas vias, além do redirecionamento do trânsito -para diminuir o número de carros em pontos de fluxo intenso. Dependendo do lugar e do horário, o bom funcionamento do trânsito é comprometido pela alta circulação de veículos, causando transtornos a motoristas e moradores.

O crescimento populacional do bairro não foi acompanhado pelo crescimento estrutural das vias, ignorando os anseios de moradores por um bairro organizado, seguro e com mobilidade urbana. A ABB, como porta voz das necessidades do bairro, conseguiu, no passado, a conclusão da avenida Professor Mário Werneck, mas uma melhoria efetiva no trânsito ainda não foi instaurada. A necessidade de pensar novas maneiras de melhorar a qualidade de vida no bairro Buritis levou a ABB a estimular o projeto entre seus membros, agregando valor e credibilidade. Foram meses de trabalho sendo as primeiras interações do Projeto Anel do Buritis em 2012.

A ideia não surgiu do nada. Os membros da Associação, também moradores do bairro, há anos enfrentam os problemas causados pelo forte fluxo de veículos na avenida Professor Mário Werneck.

Acreditam que os principais fatores geradores desse problema são a desorganização no sentido das vias e as obras de prioridade no bairro que são negligenciadas pelo Estado.

Com o intuito de não esperar mais pelas soluções advindas dos órgãos públicos, a ABB colocou as “mãos na massa” e projetou as mudanças que favorecerão o trânsito com investimeno baixo, principalmente se comparado com as obras propostas no Viurbs.

anel-buritis

ENTENDENDO O ANEL DO BURITIS

Tendo como ponto de partida A Prof. Mário Werneck em frente o Parque Aggeo Pio Sobrinho, sentido Raja Gabáglia, o Anel do Buritis se forma pelas seguintes vias:

  1. Avenida Professor Mário Werneck
  2. Rua José Rodrigues Pereira
  3. Avenida Raja Gabáglia
  4. Avenida Barão Homem de Melo
  5. Avenida Professor Mário Werneck (sentido Parque Aggeo Pio Sobrinho)
  6. Rua Heitor Menin
  7. Rua Paulo Diniz Carneiro
  8. Rua Maria Heilbuth Surette
  9. Rua José Silveira
  10. Rua Henrique Badaró Portugal
  11. Avenida Professor Mário Werneck (Parque Aggeo Pio Sobrinho)

CONHEÇA AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES NAS VIAS DO BAIRRO

Professores e alunos do UNI BH atuaram no estudo do Anel do Buritis

A partir do projeto conceitual do Anel do Buritis, o professor do curso de Engenharia Civil da UNIBH, morador e voluntário da ABB, Braulio Lara, colocou o tema como pauta de desenvolvimento dos trabalhos de conclusão de curso de sete alunos formandos do primeiro semestre de 2016. O objetivo foi dividir o projeto em partes que permitissem uma análise sobre orçamento, avaliação imobiliária para fins de desapropriações e viabilidade de fluxo de trânsito. Os trabalhos foram apresentados para banca de professores no mês junho.

BHTrans é a solução para reduzir o trânsito na Mário Werneck. Hora de fazer a parte dela.

Nos horários de pico no final da tarde e a noite, quando muitos alunos chegam para as aulas às 19h ou quando vão sair do campus da UNI-BH a partir de 21h, o trânsito da Av. Prof. Mário Werneck fica muito carregado. Porém há uma solução que implica em pouco investimento se a BHTrans permitir que o fluxo do estacionamento da UNI-BH passe por dentro do seu terreno nos horários de pico. Para implantar essa solução, deverá ser montada uma estrutura de grade que permita que a segurança da BHTrans seja mantida mas que com a abertura do portão nos horários correspondentes, permitiria o tráfego exclusivo de veículos. Seria uma solução simples que ajudaria muito nosso bairro. Será que as partes estão abertas para formatar esse caminho?

Ruas abandonadas terão que ser abertas para viabilizar o Anel do Buritis

Ruas como a Rua Jurena terão que ser finalizadas para comportar o trânsito oriundo da Rua José Hemetério de Andrade com destino à UNI-BH. A rua até hoje não foi finalizada e sempre sofre os efeitos da erosão nos períodos de chuva, além de dar uma péssima impressão para o ambiente do local, cercado de excelentes prédios.

 

Fonte: Folha Buritis

 

1 Comentário
  1. Aparecida Lodi 3 anos atrás

    O Bairro Buritis perdeu uma grande chance de ser um exemplo de modernidade e um lugar agradável de se morar.
    Triste deparar com tantas obras que só nos trouxeram aborrecimento (barulho, poeira, falta de segurança por execução mal feita e sem fiscalização ocasionando reclamação de moradores vizinhos das obras junto às contrutoras e também prejuízos para alguns moradores que involuntariamente tiveram que
    deixar seus imóveis devido risco de desabamento. E de resto estamos penando com este trânsito cótico que a BHtrans desde que chegou aqui só preocupou em multar ignorando o que sempre foi a sua responsabilidade “executar projetos para melhorias nas vias de trânsito”. Moro aqui desde 1997 e não tenho esperança de ver o bairro melhorar e tomei a decisão de me mudar (infelizmente)!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Envie-nos uma mensagem

Enviando

©2019 Meu Bairro Buritis | Todos os direitos reservados

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?