Conheça o bairro Palmeiras

Conheça o bairro Palmeiras

O bairro Palmeiras está localizado entre os Bairros Buritis e Betânia. Existem na região oeste 827.809 metros quadrados de áreas verdes, distribuídos entre sete parques municipais, que abrigam espécies como pau-brasil, pau-ferro e sibipiruna, além de diversos tipos de animais. A subárea que engloba os bairros Betânia, Marajó, Cinquentenário e Palmeiras abriga a única mata nativa de preservação ambiental restante na região, que está concentrada próxima à BR-262.

Grande parte da atividade comercial do Palmeiras concentra-se em suas vias principais, as avenidas Raul Mourão Guimarães, D. João VI e Nossa Senhora do Porto. Nelas há panificadoras, drogarias, supermercados, papelarias, academias de ginástica, entre outros. Há, ainda, opções de lazer na região.

O bairro abriga a 10ª Companhia do 5º Batalhão da Polícia Militar, é um local bom para morar. É um bairro tranquilo, parecido com interior,mas com boa infraestrutura. O mercado imobiliário sentiu o impacto do desenvolvimento na região. A maioria dos lotes já está ocupada. A procura por imóveis é alta no bairro, que é classificado pela Pesquisa do Mercado Imobiliário de Belo Horizonte, realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis da UFMG (Ipead).

HISTÓRIA

Localizado na Região Oeste, o Bairro Palmeiras tem um desenvolvimento recente. Foi a partir da década de 1970 que a área começou a ser asfaltada. Nesse mesmo período surgiram os primeiros moradores, que começaram a construir suas casas em função do mesmo loteamento da antiga fazenda que deu origem ao Buritis. Entre as décadas de 1950 e 1960, os filhos do Sr. Aggeo Pio, proprietários da grande fazenda dos Tebaidas, com medo de perder as terras devido a invasões, lotearam, às pressas, a área que fazia divisa com a Cidade Industrial, Milionários e Barreiro. Mantiveram apenas a região montanhosa, onde ficava a sede. O espaço deu luz ao bairro Palmeiras e, segundo Aggêo Lúcio, o loteamento foi um sucesso tão grande que chegaram a vender 400 lotes em dois dias.

Contudo, as invasões continuaram no lado do Olhos D’Água. Além disso, o acesso à Fazenda ainda era precário e se mantinha pela zona oeste de Belo Horizonte. Por isso, apesar da Fazenda dos Tebaidas ter um laranjal e nutrir a capital com mercadorias, os problemas se acumularam e levaram os filhos a lotearem o restante do terreno. Assim nasceu o vizinho bairro Buritis, por meio de um loteamento iniciado em novembro de 1976.

Para se ter uma ideia do crescimento assistido nas últimas décadas, há pouco mais de 20 anos as ruas do Palmeiras ainda não eram bem definidas. A passagem dos moradores era feita por trilhas, que dificultavam o acesso de veículos. Já a implantação de redes de água e esgoto, além de outros serviços básicos, começou depois da construção dos conjuntos habitacionais dos Militares e do Conjunto Serra da Mantiqueira, o que beneficiou também as áreas próximas a eles. Mas sua expansão foi alcançada de forma ainda mais significativa com o rápido crescimento do vizinho Buritis.

Apesar de já ter água e luz, apenas as vias principais eram asfaltadas e não havia rede de esgoto em algumas ruas. Antes, era uma área de chácaras e casas e tinha muitos lotes vagos. Depois os prédios surgiram e hoje está difícil encontrar área para construir. Principalmente após construção da avenida que liga a Av. Prof. Mário Werneck diretamente ao Palmeiras, e o crescimento da área denominada informalmente de Buritis II, os dois bairros passaram a desfrutar de uma vizinhança muito mais presente.

Fontes: Wikipedia, Site Bairros de BH, Jornal Daqui BH

Meu Bairro Buritis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *