Acontece

Festa no Olhos D´água no último sábado incomoda moradores do Buritis até as 6h da manhã

Nesse último final de semana uma festa no  Mirante Olhos D´água trouxe bastante incômodo a moradores do Buritis. O evento em questão era chamado Baile do Dennis e durou aproximadamente até as 6h da manhã. Em nosso grupo do Facebook,  na manhã de sábado era grande o volume de posts acumulados durante toda a madrugada com reclamações sobre o som alto proveniente da festa.

Os eventos no Mirante Olhos D´água tem sido constante motivo de incômodo para a população residente no Buritis, Estoril, Palmeiras e até partes do Betânia. Mas a deste último fim de semana parece ter extrapolado alguns limites, já que o volume de reclamações foi bem mais intenso.

Alguns moradores chegaram a criar um grupo no Facebook exclusivamente para falar do problema. O som foi perceptível até de manhã cedo em diversas partes da região toda. Reclamações no Disque Sossego parecem não ter surtido nenhum efeito.

Eu também fui acordada pelo som altíssimo! Inacreditável!! E pra piorar uma baderna, na minha rua, de jovens (provavelmente bêbados) chegando da balada na madrugada. E não é a primeira vez.” diz Tina Jensen, moradora da região. ” No Lourdes, Sion e Savassi que são bairros residenciais, existe lei que rege os horários de funcionamento de bares e festas, aqui no Buritis também tem que ter!!!!!” completa Iara Santos.

O presidente da Associação de Moradores, Braulio Lara, salienta que a ABB está trabalhando na questão da Perturbação do Sossego já há alguns meses (para não falar alguns anos). Nesse ano, já tivemos um outro caso que trouxe bastante reclamações dos moradores, sobre a boate Night Market, e um outro mais recente em relação a calouradas nos bares da Rua Vitório Magnavacca.

Braulio acrescenta: “Fizemos abaixos-assinados para endossar nossos pedidos mas o que todos tem que ter em mente: TEMOS QUE GERAR VOLUME DE RECLAMAÇÃO NO 156 (PBH). Apesar da ABB Buritis ter um peso institucional, em vários momentos somos questionados sobre o real reflexo dos problemas revelados nas estatísticas nos sistemas do poder público. O sistema não é dos melhores, mas é nosso caminho. Quanto à Night Market, já está rodando um processo na justiça. Quanto à Vitório Magnavacca, está para ser assinado o TAC. E quanto ao Olhos D’ água, apesar de ter sido objeto de pauta na Regional Oeste em 14/07/2017, lá é o local que a PBH “prefere para eventos”. O que temos que bater é na obediência aos parâmetros normalizados de limite de som (decibéis). Eu abri protocolo no sábado de madrugada após um show pirotécnico e o som na maior altura. Mesmo tendo passado, sugiro a todos abrirem: 156 ou no http://www.pbh.gov.br/sac

Meu Bairro Buritis

Relative Posts

4 Comments

  • Alison Lima 3 de outubro de 2017 at 15:29

    Os moradores do Olhos D`agua e Pilar sao cachorros? Pq comentam de todos os bairros menos de onde foi o evento!!! Se encomoda esses bairros e quanto ao bairro de origem?

    Reply
    • Meu Bairro Buritis 3 de outubro de 2017 at 22:40

      Prezado Alison, o fato de termos mencionado apenas estes bairros acima é porque este website é um portal de notícia hiperlocal dedicado ao Bairro Buritis e aos bairros adjacentes, que compõem a região à qual nos dedicamos. O bairro Olhos D’água e Pilar não estão dentro da nossa área de escopo. Não quisemos de forma alguma menosprezar os moradores deste ou de qualquer outros bairros da cidade. Imaginamos o quão grande deve ter sido o transtorno para os vizinhos imediatos da casa citada, já que chegou a incomodar até os bairros mais distantes.

      Reply
  • Lorena 3 de outubro de 2017 at 16:31

    Quando o som chegar a área nobre tudo muda de assunto mas na realidade quem sofre mais com os eventos no mirante são os moradores dos bairros Olhos D’agua e Pilar, não começou agr não!
    Isso acontece já tem muito tempo e ele si quer foi colocado na lista, hipócrita não?

    Reply
  • Lorena 3 de outubro de 2017 at 16:35

    Só pra deixar bem claro, o evento acontece no Olhos D’água mas quem frequenta são os filhos de papai que em maior parte são moradores dos bairros que se dizem os afetados .

    Reply

Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.