Um grupo de moradoras do Buritis e região se reuniu em prol da causa dos animais abandonados e fundou o Buri Dogs. A ideia surgiu a partir do grupo do Meu Bairro Buritis no Facebook, onde praticamente todos os dias são feitos posts pedindo ajuda para cachorros e gatos abandonados, resgatados ou colocados para adoção. Comovidas com essa causa, Fernanda Castro e Mirelle se juntaram a alguns outros participantes do grupo para agir.

Ela lembra que a ideia de criar um grupo ligado à causa animal surgiu depois que ela adotou um cachorro. “Sempre que acessava o grupo Meu Bairro Buritis no Facebook via publicações sobre cães abandonados na nossa região. Sou uma iniciante no universo canino, pois somente há poucos meses tenho um cachorro. No entanto, depois de ter um doguinho, a gente fica mais atento ao assunto e aquelas postagens começaram a me incomodar. Decidi comprar ração e deixar no porta-molas do carro. Uma noite, vi cerca de cinco cachorros abandonados no final da pista de caminhada. Deixe ração para eles e fotografei. Então, postei no grupo, com uma mensagem incentivando outras pessoas a fazerem o mesmo, que aquilo não havia me custado nada e me deixado com uma sensação muito boa. A partir daí, várias pessoas começaram a comentar no post, sugerindo a criação do grupo. Me animei e foi formado, então, o Buri Dogs”, conta Fernanda.

O Buri Dogs está há cerca de três meses atuando, por enquanto, segundo ela, de maneira modesta. Em meio aos compromissos do dia-a-dia, os cerva de 35 participantes do grupo fazem oque podem e se dedicam ao projeto nos intervalos. Elas criaram um grupo no Whatsapp. Aos participantes do Buri Dogs é solicitado uma contribuição mensal de pelo menos 10 reais. Quem puder, doa mais. Esse caixa é utilizado para conseguirem manter os custos das ações do grupo, como adquirir ração, consultas co,m veterinários, e apoio a outros grupos e protetores de animais.

“Ainda não temos pernas ou experiência para resgatarmos cachorros abandonados, doentes ou maltratados, mas estamos criando uma rede com outros grupos, ONGs ou protetores animais. Distribuímos ração, divulgamos animais perdidos ou em busca de adoção e ajudamos financeiramente cães que precisam de tratamento veterinário ou castração.”, diz Fernanda.

A primeira ação concreta do Buri Dogs foi conseguir um final feliz para cachorro que recebeu o nome de Pivete. Ele foi encontrado pela Dorcas, uma participante do grupo, com um ferro atravessado no corpo. O Buri Dogs se mobilizou e ajudou financeiramente a custear os exames e o tratamento do Pivete. Depois de passado o susto ele foi adotado por outra participante do grupo, a Sabrina. “Ficamos muito contentes com a vida nova do Pivete com a mediação do Buri Dogs! Infelizmente, existem ainda muitos animais precisando de ajuda. Esperamos que outros grupos como o Buri Dogs se formem para que cada vez mais os peludos tenham saúde e uma casinha bacana para viverem.”, finaliza.

Para quem quiser acompanhar ou se juntar ao grupo, visite a fanpage do Buri Dogs no Facebook ou envie um e-mail para [email protected]

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Envie-nos uma mensagem

Enviando

©2019 Meu Bairro Buritis | Todos os direitos reservados

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?