Uma gangue levou terror a moradores do bairro Buritis, em Belo Horizonte, na noite dessa quarta-feira (10). Três homens, um deles armado, e uma mulher usaram um carro roubado para assaltar pelo menos seis pessoas, em diferentes partes da área localizada na região Oeste da cidade. Entre as vítimas está um menino, de 10 anos, e um adolescente, de 17. Eles tiveram celulares levados pelo grupo.

Câmeras do circuito de segurança de um prédio flagraram o momento em que uma das vítimas foi abordada. Os ladrões chegaram ao local em um Fox e fugiram em seguida. Toda a ação ocorreu em menos de cinco minutos. Nas imagens, é possível ver que uma mulher desce de um carro e aguarda na entrada de um edifício, enquanto usa o celular. Ela é surpreendida por um rapaz, que desce do veículo e a encosta com truculência contra uma parede. O bandido passa as mãos nos bolsos da mulher e tira o que encontra. O jovem entra na parte de trás do carro em que chegou e foge junto com comparsas.

A filmagem foi registrada na rua Tereza Mota Valadares e publicada no Facebook, onde tem gerado revolta e indignação em moradores. Ao todo, ela já conta com mais de 300 compartilhamentos e 34 mil visualizações. Nos comentários, internautas contam sobre crimes semelhantes ocorridos na mesma noite: pelo menos duas abordagens como a sofrida pela mulher que aparece na gravação são relatadas.

Veja o vídeo:

Procurado pelo Bhaz, o Comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela região, informou que o carro usado durante os assaltos também é roubado. Segundo o major Flávio Godinho, dez viaturas foram empenhadas ao longo da noite na tentativa de localizar os suspeitos pelas redondezas. No entanto, nenhum deles foi encontrado. “Infelizmente, esse grupo saiu para cometer crimes na noite de ontem. Trata-se de uma ocorrência atípica, que poderia ter ocorrido em qualquer outra região”, disse.

“O Buritis é um dos bairros da região Oeste onde a criminalidade mais diminuiu nos últimos meses. Agora, trabalhamos com uma equipe de inteligência na tentativa de identificar os suspeitos por meio da análise das imagens que recebemos e dos relatos das testemunhas”, afirma. “O patrulhamento no bairro é realizado diariamente, mas nada impede que seja reforçado ao longo dos próximos dias”, completa.

 

 

Fonte Bhaz

2 Comentários
  1. Marcelo Almeida 2 anos atrás

    Boa tarde. Moro na R.teresa Mota Valadares. E aí pergunto sem querer levantar duas polêmicas. Uma será que a mulher do vídeo também não facilitou dando margem a ação dos bandidos? Duas, e se por acaso é uma pessoa que está armada e manda bala nesses bandidos? A primeira é fato o descuido. Na segunda fico naquela que se é um pai de família que tenta defender sua família ainda corre o risco de ser preso diante da legislação vigente. Minha mulher que não deixa pois por mim já tinha obtido uma.
    O sujeito de bem não pode ter para se defender…mas os bandidos podem…e é por essa e outras que eles sabem é que abusam.
    Até quando vamos ficar a merces dessa bandinagem solta nas ruas e nós presos em casa?
    Obrigado pelo espaço e desculpem o desabafo.
    Att.
    Marcelo

  2. Tarcísio Filippetto 2 anos atrás

    Polícia Militar do Buritis está sempre presente, ou seja; sempre podemos ver viaturas na região, Mário Weneck redondezas etc…
    Mas acho que falta blitz, principalmente nas ruas que saem do bairro em sentido a outros bairros.
    Hoje estes “vagabundos” andam entre pessoas de bem sem serem notados, por este motivo uma abordagem da polícia seria mais eficiente.

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Envie-nos uma mensagem

Enviando

©2019 Meu Bairro Buritis | Todos os direitos reservados

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?