A segurança, ou melhor, a falta dela, tem sido um dos assuntos mais comentados no Buritis nos últimos tempos. Infelizmente, a criminalidade tem crescido de forma assustadora e a população não se sente protegida em nenhum lugar, nem mesmo no seu próprio bairro. No entanto, quem luta para nos defender não está de braços cruzados. O comando da 126ª Companhia de Polícia Militar não tem medido esforços para melhorar a qualidade do atendimento no Buritis. São novos trabalhos que buscam efetivar ações e também construir uma relação cada vez mais próxima com a comunidade. Se ainda não chegamos ao ideal, o que não falta é vontade para que isto aconteça.

Comandante da 126ª Cia desde o fim de fevereiro, Major Flávio Godinho representa muito bem este intenso trabalho em busca de uma melhor segurança para o nosso bairro. Tem colocado em prática tudo o que acredita ser importante para fortalecer a ação da polícia na região. Um monitoramento sobre todos os crimes ocorridos no Buritis é feito diariamente. Desta forma, desenvolve uma espécie de mapa do crime, com dia e horário, e define a atuação dos policiais. A presença nas saídas do bairro é uma das decisões tomadas e que têm dado muito certo. “Os bandidos são de outros bairros e terão que sair. Estaremos prontos para abordá-los neste momento”, diz.

Equipes fixas estão sendo colocadas nestes pontos de saída do Buritis e três duplas de militares em motocicletas percorrem o interior do bairro diariamente. Além disso, a Base Comunitária Móvel se coloca sempre em uma área de maior movimento comercial. Outra ação importante são as inúmeras blitzen para averiguação de motocicletas, uma vez que este tipo de veículo é o mais usado para assaltos a pedestres. “Estes bandidos abordam a vítima e fogem com muita rapidez. Estas blitzen, que são realizadas com o apoio do batalhão de trânsito, contribuem para várias apreensões e assim evitam um possível crime”.

Major Godinho também destaca as operações feitas longe do Buritis, mas que o resultado significa segurança para o bairro. Uma delas é a ocupação no aglomerado da Ventosa, cumprindo mandatos de busca e apreensão, quando possíveis marginais, que pretendiam agir em nosso bairro, estão sendo  detidos. “Isto é prevenção. Nossa prioridade é evitar o crime, não prender bandidos que já tenham praticado o delito”.

Casos de sucesso aqui no Buritis

pm3O termômetro para definir se um trabalho tem sido bem realizado ou não, são os exemplos de sucesso. Para mostrar que o novo comando da 126ª Cia está no caminho certo, separamos algumas ocorrências que foram destaque no Buritis e, para a tranquilidade dos moradores, a ação da Polícia Militar foi de extrema qualidade.

No mês de março, uma grande mobilização, que contou inclusive com o suporte do helicóptero Pégasus, chamou a atenção no bairro. Os policiais estavam em busca de dois indivíduos que haviam assaltado uma mulher, quando esta saía de uma academia na Avenida Mário Werneck. Devido a todo o empenho dos militares, os dois marginais foram detidos, um deles dentro de um lote vago, e parte dos materiais roubados foi recuperado.

Também no mês de março destaque para a operação conjunta do Centro de Inteligência da PM e da ROTAM. Homens armados invadiram uma loja de bicicletas do bairro e levaram três modelos de alto valor. Depois de muito empenho os policiais conseguiram localizar as bikes em outra cidade e elas foram devolvidas ao comerciante.

No mês de abril, talvez a notícia que mais tenha causado impacto na região. Um homem foi morto a tiros durante uma briga na porta de uma conhecida casa noturna da Avenida Raja Gabáglia. Os policiais chegaram ao local rapidamente e, após ouvirem algumas testemunhas, iniciaram busca ao atirador. Eles o encontraram em um posto de combustíveis existente próximo à casa noturna. Apesar de o homem ter se mantido em silêncio, os militares encontraram em seu veículo o revólver utilizado no crime e efetuaram a prisão.

Mais recentemente uma notícia de destaque, não pela extensão do crime, mas sim, por mostrar a importância do apoio da comunidade para o sucesso do trabalho da polícia. Uma moradora da Rua Vitório Magnavacca, cansada de ver o uso indiscrimado de drogas por jovens em sua rua, decidiu gravar um vídeo, fotografar a ação, mas, o principal, acionou o telefone 190 enquanto a atividade acontecia. Resultado, os militares fizeram a abordagem em flagrante e puderam identificar os usuários.

Comandante fala de suas primeiras impressões no bairro

major_godinhoNestes primeiros três meses de trabalho à frente da 126ª Cia, Major Flávio Godinho já conseguiu fazer um diagnóstico do Buritis. Por ter uma população maior que de muitas cidades mineiras, os problemas encontrados são os comuns onde existe grande acumulação de pessoas como, por exemplo, o trânsito. “Eu confesso que me assustei um pouco. Mas a vontade de melhorar é muito maior que o medo de errar”.

A aproximação com a comunidade tem sido o carro-chefe do trabalho do novo comandante. Tanto que uma das primeiras medidas tomadas foi a criação da Rede de Comerciantes Protegidos, que a princípio está se comunicando pelo Whatsapp, e que acabou contando também com a participação de moradores e instituições do bairro.

Outras ações para encurtar a distância entre polícia e comunidade estão sendo realizadas no dia-a-dia. “Fazemos visitas aos comerciantes. Damos orientações. Vamos dar um curso para porteiros e síndicos para que possam melhorar a prestação do serviço em seus condomínios. Já acompanhei lojista fechando as portas. Mantemos uma viatura na pista de cooper da Henrique Badaró Portugal. São algumas formas de mostrar que a PM está aqui para ser uma parceira”, ressalta. Para Major Godinho, a participação da sociedade é fundamental para a melhoria na segurança. É neste ponto que o militar acredita que os moradores do Buritis estão devendo. Apesar de muita insatisfação, são poucos os que, realmente, têm feito algo para mudar o atual cenário. “Aqui a participação ainda é muito acanhada se comparada a outros bairros da capital onde a população é bem menor”.

Ainda de acordo com o comandante, as portas da Cia estão abertas a toda a população e os militares foram orientados para oferecer o melhor tratamento a cada cidadão. Todas as terças-feiras, às 14h, acontecem as reuniões do Conselho de Segurança Pública – Consep , quando importantes demandas são colocadas em pauta e ajudam a mapear o trabalho dos militares.

Eu recomendo

De acordo com dados da Polícia Militar, o índice de crimes registrados no Buritis é um dos menores de Belo Horizonte se fizermos uma porcentagem per capta. O bairro é um dos melhores da capital para morar e frequentar, uma vez que aqui temos um comércio forte, uma noite agitada, instituições educacionais e grandes locais para a prática de atividades físicas. “Temos alguns desafios que demandam planejamento, mas isto não tira a qualidade de vida do Buritis. Aqui eu recomendo”, exalta o comandante Godinho.

Como agir? 

Com o fortalecimento das redes sociais, a comunicação entre a comunidade e a PM ganhou uma nova, e importante, ferramenta. Contudo, o “bom e velho” 190 continua sendo o contato mais rápido e eficaz. O atendimento é 24 horas, diferentemente do uso do Whatsapp, que é uma linha informal e pode não ter qualquer retorno. “Se o policial estiver longe, ou mesmo em momento de descanso, pode não atender o comunicado. Esta demora pode ser crucial para que o bandido consiga fugir”, diz o Major. O telefone fixo da 126ª Cia (3378-1332), é um contato paralelo, também muito eficaz, mas que não demanda de um atendimento 24 horas.

Além disso, ao se registrar um crime pelo 190, a ocorrência chega ao Centro de Inteligência da PM, o que contribui para a elaboração das operações militares, já citadas anteriormente.

Novas viaturas reforçam segurança no Buritis e região

pm2A segurança pública do Buritis e região ganhou reforço com a chegada de novas viaturas para a Polícia Militar, cedidas pelo Governo do Estado. No dia 03 de maio, a 126ª Companhia apresentou os 08 novos veículos (modelo Palio Wekend), que substituirão os carros antigos. Mais dois veículos, (modelo S10) com cabine para grandes detenções, também foram disponibilizados à Cia, totalizando 10 automóveis para melhorar a qualidade dos serviços dos policiais, atendendo a uma demanda da comunidade.

Os novos e modernos veículos vêm ao encontro dos anseios da Polícia Militar e da própria comunidade. Uma polícia equipada, bem formada e cotidianamente treinada tem melhores condições de fazer face à criminalidade e atuar de forma efetiva e eficiente na prevenção. As viaturas serão empregadas no policiamento ostensivo em geral, focada nas ações preventivas e repressivas, conferindo mobilidade ao policial e rapidez no atendimento.

Uma pequena cerimônia, realizada no estacionamento do Shopping Espaço Buritis, que contou com a presença de moradores do bairro e líderes comunitários, marcou, de forma simbólica, a entrega oficial das viaturas. Segundo Major Flávio Godinho, os novos veículos substituirão os carros com mais de cinco anos de uso e quilometragem superior a 200 mil rodados, que serão leiloados. Para o comandante, a chegada dos carros impulsiona as atividades da polícia na região. “Essas viaturas vieram, na verdade, renovar a frota do município e com isso dinamizar a atuação da corporação no combate ao crime, além de garantir maior operacionalidade ao trabalho da polícia”.

Ainda de acordo com o militar, por se tratar de veículos locados, não mais existirá a demanda reprimida de atendimentos em virtude de viaturas com defeito paradas no pátio da Cia. “Se danificar, imediatamente uma nova será reposta no lugar. Com essas viaturas, garanto 24 horas de trabalho dos militares na região”.

Moradora e comerciante no Buritis, Gracielle Torres fez questão de comparecer à cerimônia de apresentação das novas viaturas. De acordo com ela, os militares da 126ª Cia não estão medindo esforços para melhorar a segurança do bairro e é preciso que a comunidade também faça a sua parte. “Segurança precisa ser um dever de todos. Acredito que só de estarmos aqui, dando nosso apoio à Polícia Militar, mostrando a confiança em seu trabalho, já estamos fazendo algo importante”, ressalta.

 

Fonte: Jornal do Buritis

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Envie-nos uma mensagem

Enviando

©2019 Meu Bairro Buritis | Todos os direitos reservados

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?