Moradores do bairro Buritis poderão debater e analisar na próxima quinta-feira (16), na Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH), a necessidade de recapeamento da av. Professor Mário Werneck. A audiência pública foi marcada após o vereador Elvis Côrtes (PSD) ter feito um requerimento sobre o assunto junto à Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário. O pedido foi protocolado no dia 23 de fevereiro.

Foram convidados para a audiência a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) e o Secretário de Obras Josué Valadão. Alguns jornalistas setoristas do bairro também foram convidados a participar da reunião.

Logo após o anúncio da Câmara, a Gasmig emitiu nota dizendo que reavaliaria o recapeamento dos trechos nos quais foram feitas intervenções, em 2016. A sessão será aberta ao público e ocorrerá no plenário Helvécio Arantes, às 13h30, do dia 16 de março.

 

ENTENDA O CASO

Há quase um ano, a Gasmig iniciou a primeira etapa de obras para implementação de gás natural no bairro Buritis. Um dos locais afetados pela instalação das tubulações subterrâneas foi a av. Professor Mário Werneck, em frente ao parque Aggeo Pio Sobrinho.
Em julho de 2016, quando o prefeito Márcio Lacerda compareceu a uma solenidade ocorrida no parque Aggeo Pio Sobrinho, membros da Associação de Moradores do Bairro Buritis (ABB) aproveitaram o momento para pedir resposta ao poder público sobre os buracos da av, Professor Mário Werneck. Na ocasião, Thomaz Antonio Junqueira, Secretário de Obras da Regional Oeste, afirmou, em entrevista, que a via precisaria de uma intervenção definitiva e não de manutenções.

A implementação do gás passou por vários procedimentos de segurança e manutenção, sendo um deles, o capeamento dos buracos que foram usados para inserir as tubulações no solo. Houve a reclamação de moradores sobre a qualidade do asfalto, mas a empresa alegou estar dentro das leis impostas pelo regimento da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH).

A demanda foi levada à Sudecap, que, por sua vez, assumiu a responsabilidade pelas obras necessárias para a avenida. Na época, a Superintendência orçou a resolução do problema em R$ 692.992,15.

Antes do final de 2016, a Sudecap refez o cálculo e informou que seriam gastos R$ 1.182.252,08 na intervenção considerada definitiva. Além disso, a obra seria concluída até o final de dezembro de 2016, mas nada ocorreu.

Neste mesmo período, o vereador Elvis Côrtes, morador do bairro Buritis, acabara de ser reeleito. A ABB, em busca de um canal mais próximo à Câmara Municipal, apresentou a demanda ao político recém-empossado.

Em 23 de fevereiro de 2017, o vereador protocolou o pedido de audiência com a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário. A reunião ocorrerá na próxima quinta-feira (16).

 

Fonte: Jornal Daqui

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Envie-nos uma mensagem

Enviando

©2019 Meu Bairro Buritis | Todos os direitos reservados

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?