semaforo-mario-werneck

A rotatória que existia na Avenida Professor Mário Werneck na esquina com a Rua Maria Heilbuth Surette, no Bairro Buritis, na Região Oeste, foi retirada pela BHTrans e substituída por um semáforo. Motoristas que não concordam com a mudança argumentam que a nova configuração eliminou a chance de usar a Maria Heilbuth Surette como rota de fuga da Mário Werneck e concentrou o trânsito na principal avenida do bairro, principalmente para quem mora no Buritis II.

Já os defensores da mudança dizem que a rotatória era impraticável e servia mais para desorganizar o tráfego, especialmente dificultando a vida dos ônibus. O certo é que os condutores são unânimes nas críticas feitas à qualidade do serviço, considerado por eles “gambiarra”.

Apesar da mudança, a sinalização no asfalto indica que o condutor que segue pela Mário Werneck vai encontrar adiante um cruzamento em rotatória. Os traços brancos mostram que o motorista deve jogar seu veículo para a direita, pois sinalizam a diminuição de uma faixa. Apesar de a pintura do círculo ter sido removida, as marcas continuam no chão, provocando dúvidas nos motoristas. O asfalto está completamente deteriorado, com trincas, rachaduras e buracos. “A rotatória era muito problemática e causava batidas e confusões. Porém, agora, com a proibição de entrar à esquerda por conta do sinal, a BHTrans criou um problema de retorno. A opção mais à frente fica impraticável. E, na verdade, o que fizeram aqui foi um remendo em que faltou qualidade”, afirma o empresário Gustavo Raposo.
O taxista Rodrigo Cortez, acostumado a rodar nas ruas do bairro, é favorável à mudança. “Melhorou demais o fluxo. A rotatória era muito confusa, pois não dava a preferência para quem já estava nela”, conta. Já a dona de casa Ana Flávia Veloso não gostou. “Ficou muito complicado, porque está travando para quem mora do lado de cima da Mário Werneck. Eu mesmo confesso que estou fazendo a conversão proibida à esquerda para escapar da avenida”, afirma. O militar Evandro Gomes lembra que o objetivo ao retirar a rotatória foi abrir o fluxo em duas faixas na Mário Werneck. “Ficou bom nesse pedaço, mas logo em seguida já é permitido estacionar, o que reduz o espaço novamente para uma faixa”, acrescenta.
ÔNIBUS O motorista de ônibus da linha 5201 (Dona Clara/Buritis), Adilson de Oliveira diz que não tinha vez antes da instalação do semáforo. “Quando era rotatória, ninguém dava a vez. Ficávamos travados sem ter o que fazer. Com o sinal, nossa passagem está garantida”, diz ele.
Em nota, a BHTrans diz que os resultados da mudança foram satisfatórios. A retirada da rotatória foi feita por conta de medidas condicionantes para licenciar um empreendimento na região e o objetivo foi conciliar interesses de motoristas e pedestres. Para viabilizar as duas faixas de circulação na Mário Werneck, a empresa diz ter eliminado vagas de estacionamento e sugere que os moradores usem a Avenida Henrique Badaró Portugal e a Rua Eli Seabra Filho para escapar da principal avenida do bairro. Sobre as condições do asfalto, a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) informou que, “no momento, a via citada não está programada para ser recapeada.”

 

Fonte: Estado de Minas

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Envie-nos uma mensagem

Enviando

©2019 Meu Bairro Buritis | Todos os direitos reservados

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?