Neste mês de março se comemora o Dia Mundial da Água (22). Esta data é destinada à reflexão e discussão sobre a relação homem e água. É de fundamental importância a conscientização da população mundial quanto à educação ambiental e atitudes do dia-a-dia fazem muita diferença.

Nos condomínios, onde existe um grande consumo, este uso consciente da água deve ser ainda mais debatido. Por isso, síndicos, funcionários e moradores devem fazer a sua parte, usando com educação esse bem tão precioso.

No Edifico Mont Blanc Mirabeau, na Rua Iracy Manata, o uso consciente da água é sempre colocado em discussão, não só em reuniões de condomínio, mas no dia-a-dia entre os moradores. Todos buscam formas de economizar ao máximo o gasto, mesmo o prédio sendo com conta coletiva. Talvez por esta razão, o edifício nunca tenha sofrido com falta d’água, que foi algo muito comum no Buritis meses atrás. “Aqui não se lava carro. A garagem é lavada com balde e as plantas são regadas apenas uma vez por semana. Ações simples, mas que no fim parecem causar grande impacto”, conta a síndica Adriana Cacciari.

Há bastante espaço para melhorias no padrão de consumo dos condomínios: individualização de hidrômetros e reuso da água da chuva são dois bons exemplos. Como o edifício de Adriana é uma construção antiga fica impossível implantar estes projetos. Contudo, isto não significa que nada possa ser feito. “Já analisamos todas as possibilidades e a única forma que encontramos foi reduzir os gastos com energia elétrica, que também é uma forma de economizar água. Por exemplo, temos sensores de presença em todos os pontos do condomínio”, explica.

Entretanto, as campanhas de conscientização para moradores e funcionários não param no condomínio e elas impactam positivamente no perfil do uso da água. “Escuto os moradores dizendo que estão economizando no banho, ao escovar os dentes, lavar vasilhas. Fico muito feliz com isto e sei que cada ação faz diferença”, ressalta a síndica.

Garrafas PET

Adriana Cacciari é, de fato, uma síndica atuante e muito preocupada com as questões de meio ambiente e uso racional da água, tanto que compartilhou com os demais condôminos uma ideia que a fez reduzir o consumo no seu apartamento: colocar garrafas PET nas caixas acopladas de descargas. “A vantagem é que esta dica diminui o volume da água e sem alterar a pressão, porque a altura da água continua a mesma”. O resultado de tanto empenho pelo uso consciente da água não está somente na preservação ao meio ambiente. O bolso também agradece. De acordo com Adriana, mesmo com o aumento do custo da água, a conta do condomínio continua baixa. “Um benefício para todos”. Cuidar bem da água e usá-la com sabedoria é uma necessidade cada vez mais presente. Afinal, esse insumo tão precioso está a cada dia mais escasso. “Quem faz o uso racional, não terá de fazer racionamento”, conclui a síndica.

Fonte: Jornal do Buritis

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Envie-nos uma mensagem

Enviando

©2019 Meu Bairro Buritis | Todos os direitos reservados

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?