Quem mora ou já morou no bairro costuma falar bem dele. Mas sempre com uma ressalva: o trânsito. Essa é uma questão que preocupa quem está pensando em se mudar pro Buritis. Todos já ouviram falar do caos nas ruas por aqui, especialmente nos horários de pico.

Segundo reportagem da TV Alterosa “O bairro é segundo mais populoso de Belo Horizonte. O número de moradores quase dobrou nos últimos 10 anos. Consequentemente, a frota cresceu e quem vive na região diz que os problemas no trânsito seguiram a mesma proporção e que nenhuma obra significativa foi feita para melhorar a vida dos motoristas. ”

Mas afinal, é verdade que o trânsito é tão ruim assim? Em parte sim. Se você tem a possibilidade de fugir da hora do rush para transitar, talvez você não tenha tantos problemas. Mas realmente nos horários de maior movimento, ou seja, de manhã cedo das 7 ás 9h, e ao anoitecer das 17 às 20h, há um  bocado de lentidão e confusão pra quem está de carro ou ônibus. Motoristas e passageiros irritados, atrasos e acidentes são comuns.  A maior parte dos problemas se resume basicamente a um local específico, o coração do bairro: na Av. Prof. Mário Werneck, entre a Av. Engenheiro Carlos Goulart, e a Av. Dep. Cristóvão Chiaradia.

O Buritis é um bairro um tanto quanto fechado. As entradas/saídas se resumem basicamente a duas: Anel Rodoviário de um lado, e Av. Raja Gabáglia / Av. Barão Homem de Mello de outro. Por se tratar de um bairro povoado em sua maioria por casais jovens, e com boa renda, as ruas ficam cheias de carros com somente 1 ocupante. Na hora do rush, moradores e pessoas que trabalham na região se aglomeram nessas saídas. Além disso, os estudantes das 2 grandes universidades localizadas no local ajudam a tornar tudo ainda mais complicado.

Aliado a esse grande movimento podemos citar como responsáveis a falta de fiscalização e orientação da BH Trans, que apesar de ter sede situada no bairro, pouco se faz presente e atuante na região. Moradores reclamam da falta de sinalização e controle do tráfego na via que recebe diariamente mais de 13 mil  motoristas.

Além desse ponto crítico, há muitas ruas dentro do bairro que são estreitas e de mão-dupla. Em situação normal, já é apertado para dois carros circularem lado a lado. Em muitas delas é permitido o estacionamento, algumas vezes dos dois lados da via (!!!). E mesmo nas ruas em que há placas proibindo o estacionamento, é comum vermos veículos parados, desrespeitando a sinalização, tornando impossível a circulação em mão-dupla e causando transtornos.

É necessário que a prefeitura, e o órgão responsável (BH Trans) tomem providências para melhorar a situação, sobretudo porque o bairro continua crescendo vertiginosamente. Mas além disso, é essencial também que as pessoas que circulam pelo bairro utilizem o bom senso e as regras de boas maneiras no trânsito, para que tudo funcione melhor. Só assim poderemos tentar começar a resolver um problema que aflige a todos.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Envie-nos uma mensagem

Enviando

©2019 Meu Bairro Buritis | Todos os direitos reservados

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?