cercadinho

Mobilizados com a degradação ambiental que afeta cada vez mais nosso planeta, alunos dos cursos de Geografia, Geologia, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil e Ciências Biológicas do Uni-BH promovem neste sábado (14) a 2ª Caminhada Ecológica do Córrego Cercadinho. Além de estudantes da universidade, eles tentam mobilizar também os moradores e trabalhadores da região.

O grupo sairá às 9h, do UniBH (Av. Mário Werneck, 1685, Buritis) e a caminhada percorrerá o trajeto do córrego até o Bairro Havaí. Idealizada pelo projeto de extensão Cercadinho Vivo e em parceria com a comunidade e a Prefeitura da Belo Horizonte (PBH), a proposta é conscientizar todos sobre o cuidado com as águas desse afluente do Rio Arrudas e realizar um trabalho com os moradores no sentido de despertar para a necessidade de cuidar dos rios urbanos.

“Esta caminhada visa sensibilizar a população para a atual situação do córrego, buscando uma melhor qualidade de vida para os moradores e usuários da bacia. Dentre os problemas identificados, a grande quantidade de lixo se destaca”, explica Marcia Rodrigues Marques, coordenadora do projeto e professora de Geografia do UniBH.

Os alunos participantes do projeto, além de terem a oportunidade de auxiliar na despoluição do córrego, também têm o contato com a comunidade, podendo ver como o projeto impacta na vida dos que moram nas margens do Cercadinho.  De grande relevância ambiental e social, o projeto atua em parceria com o Subcomitê do Arrudas e o Comitê de Bacias Hidrográficas do rio das Velhas desenvolvendo a integração do UniBH campus Estoril com a comunidade do entorno da bacia do Cercadinho.

O Cercadinho

A nascente do Cercadinho está localizada dentro da mata da Copasa,seu principal afluente passa pelo Parque Aggeo Pinto Sobrinho no bairro Buritis, onde ainda permanece puro. As águas passam por malinhas subterrâneas até voltar ao seu leito original, onde já estão poluídas. O Córrego atravessa os seguintes bairros: Salgado Filho, Buritis, Estoril, Estrela Dalva, Palmeiras, Havaí e parte do Belvedere, Olhos d’água, Cinquentenário e Marajó.

 

Fonte: Hoje em Dia

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Envie-nos uma mensagem

Enviando

©2019 Meu Bairro Buritis | Todos os direitos reservados

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?