Como anda sua comunicação com seus filhos?

Como anda sua comunicação com seus filhos?

Outro dia lendo um livro me deparei com uma informação que me chocou!

Em situações de conflito, o grau de respeito e compaixão nas discussões com os filhos é menor que em discussões com qualquer outra pessoa.

Porque ainda achamos que crianças não merecem respeito?

A nossa cultura, o modelo de educação autoritário, dominante até então, nos faz desumanizar a criança.

Nos dias de hoje é triste ler uma pesquisa que mostra que 80% dos pais norte americanos acreditam na eficácia do castigo físico para as crianças.

Como diz Marshall Rosenberg, o pai da Comunicação Não Violenta, o fato de uma coisa ser habitual, não quer dizer que ela seja normal.

Precisamos parar de normalizar a falta de respeito, as punições, as palmadas.

Existe o caminho do meio, o caminho entre a permissividade e o autoritarismo. E ele é eficaz!

Não estou dizendo que é fácil. Mudar padrões nunca é. Mas é possível.

Eu não consigo ser a mãe que eu gostaria de ser o tempo todo, mas o fato de eu querer ser uma pessoa melhor, uma mãe melhor a cada dia já me coloca em movimento. Já me faz querer buscar alternativas para, desde cedo, construir valores e contribuir para que os meus filhos sejam sempre as suas melhores versões.

E a medida que a gente vai mudando a gente vai vendo a mudança acontecer a nossa volta. Filhos são nossos reflexos.
Quando eu vejo o meu mais velho falando com minha mais nova de maneira mais agressiva um alerta já acende em mim. Certamente ele está reproduzindo a forma com que está sendo tratado.

Nesse exercício vamos fazendo ajustes, melhorando a comunicação e aumentando a conexão.

O caminho do meio permite que nossas crianças desenvolvam habilidades de vida, como empatia, inteligência emocional para lidar com sentimentos e estresse, pensamento crítico, entre outras.

É uma transformação possível e bem vinda, começa em nós e reflete de forma positiva nos nossos filhos. E eu ouso dizer que impactará diretamente no mundo em que vivemos. As nossas crianças são a esperança de um futuro melhor!

E por onde começar? A minha dica é buscar informações e leituras sobre comunicação não violenta, disciplina positiva, criação neurocompatível.



Mariana Bicalho
é a fundadora do grupo Mommys no Faceboook
. Intensa, Mãe, Esposa, Community builder, Empreendedora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar pra loja