Entrevista com o vereador Braulio Lara

Entrevista com o vereador Braulio Lara

Nas eleições do ano passado, o Buritis conseguiu finalmente eleger um representante para a Câmara. Braulio Lara (Novo), atual presidente da ABB (Associação de Moradores do Bairro Buritis) recebeu 5.776 votos e foi eleito vereador. Ele, que também é professor do Centro Universitário de Belo Horizonte – UniBH e empresário do ramo imobiliário no Buritis, deixará o cargo na ABB neste mês de fevereiro, e está iniciando os trabalhos da Câmara Municipal. Conversamos com ele para saber como estão as coisas neste início na nova função e as perspectivas para o futuro.

  1. MEU BRAIRRO BURITIS
    Como foi o primeiro mês na Câmara? Já deu pra sentir o clima? Ver o comportamento dos outros vereadores?

    BRAULIO LARA
    O primeiro mês foi de muito trabalho e de conhecimento do processo legislativo. Eu e minha equipe passamos por diversos treinamentos e cursos, pois a Câmara Municipal de BH oferece uma grande estrutura para o bom trabalho dos vereadores. Nosso desafio pelo Partido NOVO é de entregar mais resultado custando menos. Enquanto um vereador pode ter 18 assessores, trabalhamos com uma equipe de apenas seis. Então temos que nos desdobrar e sermos produtivos. Agora que começaram as plenárias e o clima está esquentando já que são 41 vereadores com opiniões diversas. Mas na democracia temos que saber ouvir todos os lados e assim votar da melhor maneira e de acordo com a consciência. Ainda no mês de janeiro protocolamos alguns requerimentos, estamos estudando alguns temas para projetos de lei e conseguimos aprovar a constituição de diversas comissões especiais que discutirão assuntos bem relevantes para a cidade como a das “Drenagens Urbanas e Enchentes”, da qual sou um dos idealizadores. Também aprovamos e sou signatário da comissão especial que vai estudar reforma da BHTrans, Reformulação do Contrato com Concessionárias de Transporte Público e Mobilidade Metropolitana; da comissão especial da desburocratização que vai discutir mais liberdade e autonomia para quem quer trabalhar na nossa cidade; e a comissão especial de proteção e defesa dos animais com o objetivo de promover estudos e outras ações visando a criação de leis e de políticas públicas que promovam o respeito aos animais assim como o seu bem-estar. Apresentei, junto de outros cinco vereadores, Projeto de Resolução que suspendia o decreto da PBH que fechou, sem diálogo com a sociedade, o comércio de nossa cidade. Também fui eleito vice-presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário. Nesta comissão vamos discutir os assuntos relativos ao planejamento do desenvolvimento da cidade; às obras públicas; à política habitacional; ao sistema viário, à mobilidade urbana, ao trânsito e ao transporte público (coletivo e individuais).
  2. MBB
    Você se elegeu com foco quase exclusivo aqui no bairro Buritis. Mas sabemos que os vereadores devem trabalhar por toda a cidade. Você acha que vai conseguir botar em pauta os assuntos do bairro e da região?

    BRAULIO LARA
    Vou sim e já estou trabalhando nisso. Nestes quatro anos que estive à frente da Associação de Moradores do Bairro Buritis pude conhecer muitas informações de problemas do nosso bairro. Temos conhecimento de praticamente todos os problemas do Buritis e é claro que os que forem de competência do legislativo/executivo pode ter certeza que será pautado lá na Câmara ou na Prefeitura. Quero ser o porta-voz do bairro para que consigamos melhorar ainda mais o nosso Buritis e região. Claro que as votações no plenário da Câmara são para toda cidade e não deixarei de atender também outros bairros, até porque tive votação em todas as zonas eleitorais de BH. Mesmo que não tivesse, o vereador deve trabalhar por toda a cidade.
  3. MBB
    Quais seus projetos e prioridades dentre as necessidades da região que você conhece tão bem? Quais deles você acha que consegue realmente executar na nova função?

    BRAULIO LARA
    O Buritis é um bairro com mais de 30 mil habitantes e carente de equipamentos públicos. Não tem uma escola pública e nem posto de saúde. É necessário pensar implantar tais dispositivos para atender moradores e trabalhadores da região. Além disso, existem problemas de mobilidade com as regiões vizinhas pois o transporte público não interage bem com os bairros limítrofes. Existe problema de ruas com asfalto precário e outras necessitando de abertura. Precisamos de melhorias no trânsito e assim temos diversas pautas. A maioria delas está mais vinculada ao poder executivo. Nesse caso, o papel do vereador é cobrar, sugerir e fiscalizar. Já na linha legislativa, um projeto que participei como associação de moradores foi na melhoria da Lei de Perturbação Sonora, conhecida como Lei do Silêncio. Essa ainda não tramitou e será certamente um importante projeto para nossa cidade se aprovado. Afinal, a poluição sonora está vinculada também à saúde humana e muitos problemas de vizinhança se dão por esse tipo de situação. Espero poder contribuir. Darei o meu melhor para que essas ações ocorram dentro de um espaço de tempo razoável.
  4. MBB
    Sabemos que muitas vezes os políticos não votam exatamente de acordo com seus desejos, mas sim seguindo orientações do seu partido. Como você pretende lidar com essa questão?

    BRAULIO LARA
    O NOVO, partido pelo qual fui eleito, tem uma bancada na Câmara de BH. Isso significa que os assuntos que serão discutidos em plenário passam por uma análise dos três vereadores. Tentamos chegar em um consenso sobre cada questão, porém divergências podem acontecer. Quero sempre votar com a minha consciência, até porque sou um vereador independente. E outro ponto importante é que as diretrizes do partido NOVO são as mesmas que eu sigo, dentre elas a desburocratização, eficiência da máquina pública, corte de privilégios e custos de gabinete, enfim, menos estado e mais liberdade.
  5. MBB
    Qual sua opinião sobre o trabalho executado pelo executivo da cidade, que foi reeleito para mais um mandato?

    BRAULIO LARA
    A chancela das urnas é o maior termômetro de aprovação de um trabalho político. O governo municipal tem muitos acertos mas tem muitos erros também, dos quais sou crítico. Na gestão da pandemia mesmo, entendo que o segundo lockdown foi um exagero enquanto a melhor gestão a se fazer era manter a estrutura de leitos no patamar de meses anteriores. Fechar é uma medida extrema e compromete muitas empresas e empregos. Os comerciantes estão muito desgastados e fragilizados. Outras questões, envolvem análises mais complexas. Sabemos que orçamento é um “cobertor curto” e sempre há um dilema sobre quais demandas devem ser atendidas primeiro. Nossa região sempre ficou muito preterida nas prioridades e por isso acumulou muitos problemas. Avançamos nos últimos anos, mas ainda é necessário um olhar atento a nossa região. Precisamos que a Prefeitura continue atuando para corrigir problemas pendentes de longa data da nossa área.
  6. MBB
    Qual sua posição em relação à pandemia, vacinação e fechamento do comércio da cidade?

    BRAULIO LARA
    A pandemia é uma realidade e precisa de ser encarada de frente. Tivemos o primeiro momento que pouco se sabia sobre o vírus. Muitas pessoas e famílias foram atingidas pela doença, o que é lamentável. Mas agora, quase um ano depois, já sabemos o que é eficaz e o que não é, bem como agora temos vacinas para trabalhar a imunização das pessoas. Entendo que por muito tempo teremos que conviver com o vírus entre nós. A pandemia vai deixar um legado sobre higiene pessoal, novos cuidados em ambientes com mais pessoas e nova cultura com o trabalho remoto. No entanto, a vida deve seguir, sob nova perspectivas de cuidado, mas deve seguir. Acredito que não temos mais que falar em fechamento de comércio e sim de protocolos de cuidados nas mais diversas atividades comerciais. Temos que falar em transporte público com mais flexibilidade de horários e mais modais de transporte e não em redução e concentração. Temos que falar em aulas (em todos os níveis) pois a educação não pode ficar comprometida por tanto tempo. As soluções tem que ser postas e temos que avançar. Afinal, ficar na espera de uma eliminação do vírus tem diversas outras sequelas. Efeitos de toda magnitude: saúde, economia, educação. A vacinação demandará um tempo que não podemos mais perder. Mas em breve vamos conseguir virar essa página. Enquanto isso, vamos trabalhando, com cuidado, e avançando.
  7. MBB
    Como ficarão os trabalhos na Associação de Moradores após a sua saída da presidência? Você ainda acha que conseguirá acompanhar de perto os trabalhos?

    BRAULIO LARA
    Deixarei a presidência da Associação de Moradores do Bairro Buritis no final do mês de fevereiro. Em 2021 a ABB completa 25 anos e certamente cada presidente somou um pouco nessa história. Liderei o trabalho por 4 anos e agora estamos encaminhando para que o nosso atual vice-presidente assuma. Os trabalhos desenvolvidos e os projetos em funcionamento serão continuados. Afinal, temos que sempre fazer um esforço de melhorar e avançar. Afinal, conseguimos implantar muitas ações relevantes:
    1) Adote o Verde com a ABB: a partir da participação das empresas que co-adotam e custeiam cotas de um grande condomínio gerido pela ABB, toda a manutenção de canteiros e áreas do bairro (atualmente 90%) é desempenhada por equipe de jardinagem contratada mantendo o bairro sempre bem cuidado. Além disso, periodicamente, é viabilizada melhorias no paisagismo;
    2) Feirinha Buritis: parada com a pandemia, a Feirinha é um projeto que emplacou e que traz alternativas de lazer e também de fomento das atividades de artesanato;
    3) Folha Buritis: informativo mensal das ações da ABB e das notícias comunitárias do bairro e região;
    4) Lavatórios comunitários: instalamos lavatórios na pista de caminhada e no Parque para permitir a higienização de mãos das pessoas, principalmente durante a pandemia;
    5) Eventos de integração e mobilização: ações como o Bike Kids Buritis e outras como parcerias com projetos sociais como Asprami e Bom na Bola Bom na Vida, realizam um importante papel de conectar as pessoas do bairro e região;
    6) Parceiros da Natureza no Parque Aggeo: a ABB adotou o Parque Aggeo no Projeto Parceiros da Natureza e junto com co-adotantes trará benfeitorias ao Parque. Devido à pandemia, o projeto pouco avançou. No entanto, em 2021 ele irá seguir e tomar a perspectiva planejada.
    Na parte de interações públicas e políticas, a ABB participa também de diversos conselhos e comissões: CONSEP (Conselho de Segurança Pública), CRTT (Comissão Regional de Transporte e Trânsito), COMAM (Conselho Municipal de Meio Ambiente) e COMPUR (Conselho Municipal de Política Urbana). Realiza periodicamente reuniões com a Regional Oeste e também com outras associações de bairro. E é claro, se reúne semanalmente para tratar dos assuntos do bairro (nestes tempos de pandemia, apenas virtualmente).
    Tudo isso vai continuar com certeza. Devo participar do Conselho Fiscal da entidade assim como outros ex-presidentes. E dentro do possível é claro que estarei sempre ajudando a ABB, principalmente agora com minha nova função de vereador, mas lembrando que como cidadão devemos todos participar.

Agradeço ao Leonardo e à Isabela por todo o trabalho que vem desenvolvendo em prol do nosso bairro e região. Confesso que são muitas mensagens e está difícil ler tudo, mas sempre estou por aqui no Meu Bairro Buritis. Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar pra loja
    Abrir chat
    Quer falar com a gente?